Veja os Palestrantes

Carolina C. Bottino Gruszkowski

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Possui graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura/Bacharelado) pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e mestrado em Biologia Parasitária pela Fundação Oswaldo Cruz (IOC/FIOCRUZ). Atualmente é Perito Legista da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (IPPGF/PCERJ) e Doutoranda em Biotecnologia (Inmetro). Seu projeto visa validar o uso de plataformas de sequenciamento multiparalelo de DNA na análise de amostras forenses.

 

Laélia Maria Pinto

Supervisora Técnica do Setor de Genética Molecular do Instituto Hermes Pardini, responsável pelas áreas de Paternidade e Citogenética. Doutora e Mestre em Genética pela Universidade Federal de Minas Gerais e Graduada em Ciências Biológicas pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Consultora Científica da Controllab colaborando com o teste de proficiência na área de verificação de parentesco. Auditora da qualidade com experiência nas normas PALC, ISO e DICQ. Atua na área de identificação genética humana desde 2003.

Rodrigo Rodenbusch, Ph.D.

Biólogo, Mestre em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Doutor em Biologia Celular e Molecular pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Atualmente é perito no Laboratório de Investigação de Paternidade da FEPPS, onde atuou como coordenador nos últimos 5 anos, sendo este o laboratório oficial responsável por toda a demanda judicial dos exames de paternidade do Estado do Rio Grande do Sul que já emitiu mais de 40 mil laudos desde sua implantação em 2007

Teresa Cristina Lima da Rocha

Formada em Engenharia Química pela Universidade Federal do Ceará em 1994, mesmo ano que ingressou na carreira pericial como Perita Criminal do Instituto de Criminalística do Ceará, hoje Perícia Forense do Ceará – PEFOCE. Depois de contribuir com os setores de Documentoscopia e Laboratório Químico, fez Especialização em Genética Forense pela Universidade Federal de Alagoas em convênio com a SENASP no ano de 2005, ano que iniciou a implantação do Laboratório de DNA Forense da PEFOCE, o qual foi inaugurado em dezembro de 2006. Atualmente é Supervisora do Núcleo de Perícias em DNA Forense da PEFOCE. Professora da Disciplina de DNA Forense nos cursos de formação para Peritos Criminais, Peritos Legistas e Médicos Peritos Legistas da Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará. Tutora EAD das disciplinas de DNA Forense e Exclusão de Paternidade nos cursos de Ascensão profissional de Peritos Criminais, Peritos Legistas e Médicos Peritos Legistas

Sandra Maria dos Santos, Ph.D.

Possui Doutorado em Biologia Aplicada à Saúde (LIKA - UFPE) e Mestrado em Biologia Celular e Molecular (UPE). Especialização em Ensino de Biologia (UPE); Especialização em Pneumologia Sanitária (Fiocruz), Especialização em Perícias Criminais (UPE), Especialização em Genética Forense (UFAL) e Curso Superior de Polícia (ACIDES). Graduada em Ciências Biológicas (AESA-CESA). É Perita Criminal Oficial do Estado de Pernambuco desde 2001. Atuou durante 7 anos no Instituto de Criminalística de Pernambuco (2001 a 2008). Atuou na Gerência Geral de Polícia Científica na função de Supervisora Técnica (2009 a 2012). Gestora do Laboratório de Perícia e Pesquisa em Genética Forense de Pernambuco no no período de agosto de 2012 a dezembro de 2014. É Gerente Geral de Polícia Científica de Pernambuco desde o dia primeiro de janeiro de 2015.



Meiga Aurea Mendes Menezes

Perita Criminal Federal no Laboratório de Genética Forense no Instituto Nacional de Criminalística (INC) desde 2005, chefiou o laboratório em 2009 quando coordenou as equipes de identificação por DNA no acidente com o voo 447 da air france. E participou ativamente do estabelecimento da rede de banco de perfis genéticos através da cessão e treinamento do software CODIS pelo FBI ao Brasil.  Entre 2010 and 2013 trabalhou no projeto de "Banco de Perfis Genéticos de Crianças Desaparecidas" em parceria com a FINEP/MCT. Em 2012 foi uma das fundadoras da Academia Brasileira de Ciências Forenses (ABCF). De 2013 a 2015, foi nomeada pelo Ministério da Justiça como administradora substituta do Banco Nacional de Perfis Genéticos e desde dezembro de 2015 como administradora titular e coordenadora do Comitê Gestor da RIBPG/MJC.

Jorge Marcelo de Freitas

Polícia Federal de Brasília – DF

Graduado em Ciências Biológicas - Bacharelado em Bioquímica e Imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001), possui mestrado (2003) e doutorado (2006) em Bioquímica e Imunologia - ênfase em Biologia Molecular pela Universidade Federal de Minas Gerais. Foi Professor Assistente na Universidade Presidente Antônio Carlos e Assessor Científico na empresa Promega para a área de identificação genética humana. Tem experiência na área de Genética, Genética Forense, Biologia Molecular e Parasitologia, tendo atuado principalmente nos seguintes temas: Biologia Molecular e estrutura populacional do Trypanosoma cruzi, doença de Chagas, análises de STRs autossômicos e de cromossomo Y e análise de mtDNA. Atualmente é Perito Criminal Federal e atua como gerente técnico do laboratório da Área de Perícias em Genética Forense do Instituto Nacional de Criminalística na Polícia Federal.

Luciano Scarpelli, MsC

Coordenador do Laboratório Diagnóstico Molecular no Grupo DASA

 

 

Carlos Henrique Ares Silveira da Motta

Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc)

 


 

Carlos Antonio de Souza

Perito Criminal da Polícia Civil de Recife




 

Clarice Sampaio Alho

Bacharelado em Genética (UFRGS); Licenciatura em Ciências Biológicas (UFRGS); Mestrado Genética e Biologia Molecular (UFRGS); Doutorado em Fisiopatologia e Patologia Molecular (Universidade de Barcelona, Espanha); Pós-Doutorado em Genética Forense (University of Central Florida / National Center for Forensic Science, USA). Professora e Pesquisadora na PUCRS em cursos de graduação e no Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular. Orientadora de Mestrado e Doutorado. Coordenadora da Pós-Graduação Lato Sensu em Biologia e Genética Forense. Coordenadora do Laboratório de Genética Humana e Molecular da PUCRS ? Divisão de Saúde e Divisão de Genética Forense. Coordenadora do Núcleo de Pesquisa em Evidências Forenses. Líder do Grupo de Pesquisa do CNPq 'Alvos no Genoma Humano e Banco de DNA: Marcadores Forenses e de Características Complexas'. Desenvolve também estudos na área da Bioética na Genética

Gustavo Chemale

Gustavo Chemale é Bacharel em Ciências Biológicas, com ênfase em Biotecnologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995), Mestre em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1998) e Doutor em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002). Possui Pós-doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002-2005), Pós-doutorado em Parasitologia Molecular na Universidade do País de Gales (2005-2006) e Pós-doutorado em Parasitologia Molecular na Universidade de Liverpool (2006-2007). Tem experiência na área de Genética, Genética Forense, Biologia Molecular e Proteômica. Atualmente atua como Perito Criminal Federal no Instituto Nacional de Criminalística e desenvolve pesquisas na área de Biologia e Genética Forense, com foco na detecção de polimorfismos do mtDNA e STRs do cromossomo Y.