Testes EliA Ajudando no diagnóstico de doenças autoimunes

Distúrbios autoimunes são raros e difíceis de diagnosticar. É por isso que desenvolvemos mais de 57 testes clinicamente relevantes fabricados para ajudar os prestadores de cuidados de saúde a fazer um diagnóstico melhor e a tomar decisões de tratamento mais informadas. Nosso portfólio de marcadores de alta qualidade compreende ferramentas para o diagnóstico das doenças autoimunes sistêmicas e órgão-específicas mais frequentes, incluindo doenças do tecido conectivo, artrite reumatoide, síndrome antifosfolípide, vasculite e síndrome de Goodpasture, doença inflamatória intestinal, doença celíaca, anemia perniciosa, doenças autoimunes hepáticas e doenças autoimunes da tireoide. Oferecemos um amplo suporte que dá a você a confiança de que seu laboratório precisa para fornecer um serviço de diagnóstico de autoimunidade de primeira classe que coloca o paciente em primeiro lugar.1-6

 

Por que escolher a Thermo Fisher Scientific como sua parceira no diagnóstico de doenças autoimunes? 

Ajudando os médicos a colocar o paciente em primeiro lugar com testes EliA. Os testes EliA™ fornecem um portfólio de testes clinicamente relevante, preciso e crescente de sistemas laboratoriais confiáveis com soluções de instrumentos escaláveis para diferentes necessidades de rendimento.

Exibir todos os nossos produtos disponíveis.
Acessar o catálogo de produtos
Procurando testes de alergia?
Exibir os testes de alergia ImmunoCAP

Os testes EliA ajudam você a colocar o paciente em primeiro lugar:

Ajudando seu laboratório a fornecer um quadro clínico abrangente. 
  • Oferecendo um dos maiores portfólios do mercado, consistindo de marcadores clinicamente relevantes desenvolvidos como os testes de mais alta qualidade para apoiar o diagnóstico de doenças autoimunes, com o potencial de melhorar os resultados dos pacientes.1
Ajudando você a acertar na primeira tentativa.
  • Concentrando-se no equilíbrio ideal de sensibilidade e especificidade, o portfólio EliA pode ajudar os médicos a diagnosticar o paciente corretamente e mais cedo.1-6
O melhor da categoria.  
  • Com a melhor especificidade da categoria em doença celíaca e artrite reumatoide, os testes EliA podem ajudar a reduzir resultados falso-positivos e tratamentos evitáveis nessas condições altamente investigadas.2-4  

Proporcionando eficiência ao fluxo de trabalho

Os testes EliA usam reagentes prontos para uso e um sistema de calibração eficiente e flexível com uma curva de calibração armazenada por método por 28 dias (isto é, IgG, IgM, IgA, calprotectina e anti-TSH-R), permitindo maximizar a eficiência do fluxo de trabalho ao:1

  • Carregar e descarregar testes conforme necessário, permitindo que você execute testes de baixo rendimento à medida que eles chegam.1
  • Reduzir custos e minimizar o valioso tempo associado ao gerenciamento de curvas de calibração.1
  • Garantir longos tempos de autonomia assim que a análise tiver sido iniciada, dando suporte ao trabalho enxuto.1

Testes de última geração: simplificando as operações de laboratório

  • Os testes EliA são desenvolvidos e fabricados em nosso centro de excelência utilizando o sistema de expressão eucariótica SF9 para produzir antígenos recombinantes. Isso ajudará a simplificar as suas operações de laboratório por meio da produção eficiente de lotes de alto volume com excelente reprodutibilidade lote a lote, máxima precisão e excelente qualidade, reduzindo, em última análise, as etapas de validação em seu laboratório.1, 7

 

 


Botão oculto para que o vídeo seja exibido em modal

Explore o portfólio EliA completo.
Exibir portfólio
Encontre um instrumento para realizar os testes EliA.
Exibir Phadia Laboratory Systems
Encontre recursos úteis para seu laboratório e seus clientes.
Acesse a Biblioteca de recursos
Esses produtos podem não ser liberados para uso em seu país. Entre em contato com seu representante de vendas para obter informações sobre a disponibilidade específica do produto.
Referências
  1. Thermo Fisher Scientific. Dados no arquivo.  
  2. Werkstetter KJ, Korponay-Szabo IR, Popp A, Villanacci V, Salemme M, Heilig G, et al. Accuracy in Diagnosis of Celiac Disease Without Biopsies in Clinical Practice. Gastroenterology. 2017;153(4):924-35. 
  3. Mathsson Alm L, Fountain DL, Cadwell KK, Madrigal AM, Gallo G, Poorafshar M. The performance of anti-cyclic citrullinated peptide assays in diagnosing rheumatoid arthritis: a systematic review and meta-analysis. Clin Exp Rheumatol. 2018;36(1):144-52.
  4. Mascialino B, Swiniarski S, Gehring I., Poorafshar M, Tarrant T. Serum Autoantibody Multi-Analyte Testing in Rheumatoid Arthritis Can Reduce Avoidable Costs Associated from False Positive Results. A Simulation Study in the United States of America. Presented at ACR Annual Meeting Chicago. 19-24 de outubro de 2018.  
  5. Robier C, Amouzadeh-Ghadikolai O, Stettin M, Reicht G. Comparison of the clinical utility of the Elia CTD Screen to indirect immunofluorescence on Hep-2 cells. Clin Chem Lab Med. 2016;54(8):1365-70.
  6. Willems P, De Langhe E, Claessens J, Westhovens R, Van Hoeyveld E, Poesen K, et al. Screening for connective tissue disease-associated antibodies by automated immunoassay. Clin Chem Lab Med. 2018;56(6):909-18.
  7. Schmitt J, Papisch W. Recombinant autoantigens. Autoimmun Rev. 2002;1(1-2):79-88