Testes laboratoriais para artrite reumatoide Faça certo na primeira tentativa

A disponibilidade comercial dos produtos varia de acordo com o status regulatório e aprovação prévia pela agência sanitária local. Entre em contato com um representante local Thermo Fisher Scientific para consultar a disponibilidade do produto em sua região. 

A artrite reumatoide (AR) é uma doença autoimune que pode levar à destruição das articulações e perda de mobilidade.1,2 A erosão óssea intra-articular geralmente ocorre precocemente durante a progressão da doença com 30 por cento de pacientes com AR apresentando erosões confirmadas por radiografias no diagnóstico e 70 por cento três anos depois.2 O diagnóstico diferencial precoce de AR de doenças clinicamente semelhantes (por exemplo, osteoartrite) é necessário para o início do tratamento adequado que pode retardar a progressão da doença, prevenir a erosão óssea e melhorar a qualidade de vida do paciente.1-3 O tempo médio para um paciente iniciar os medicamentos antirreumáticos modificadores da doença (DMARD), desde o início dos sintomas, é de quase 12 meses.4 

Em combinação com outras informações clínicas, testes sorológicos para anticorpos antiproteína citrulinada/anticorpos anti-peptídeo citrulinado cíclico (ACPA/anti-CCP) e fator reumatoide (FR) IgM, que estão incluídos nas diretrizes de classificação ACR/EULAR de 2010, bem como o FR IgA permite ao clínico chegar a um diagnóstico preciso do paciente.1,5,6

  • Anti-CCP e FR IgM podem ser detectados antes do início dos sintomas e estão associados à AR mais grave.2,5
  • A dupla positividade para FR IgM e FR IgA é altamente específica do diagnóstico de AR.5,6
  • Um nível alto de FR IgA se correlaciona com a atividade da doença e pode levar a uma resposta clínica ruim aos inibidores de TNF-α.5,7

 

Por que escolher a Thermo Fisher Scientific como sua parceira no diagnóstico de artrite reumatoide?

  • O melhor da categoria. O teste EliA™ CCP é o teste anti-CCP mais específico, totalmente automatizado disponível.8 Compreende o CCP de segunda geração (CCP2), considerado o "antígeno padrão ouro" para testes ACPA/anti-CCP.10
  • Teste de FR específico do isótipo. Em contraste com os ensaios de FR baseados em aglutinação (por exemplo, nefelometria ou turbidimetria), os testes EliA™ RF IgM e EliA™ RF IgA são específicos do isotipo de FR.11
  • Alta especificidade. A adição de resultados positivos aos testes EliA™ RF IgM e EliA™ RF IgA, a um teste positivo de EliA CCP, melhora a especificidade dos testes para quase 100 por cento.9
  • Eficiência incomparável. Teste para marcadores de artrite reumatoide, doenças do tecido conjuntivo, doenças autoimunes da tireoide, síndrome antifosfolipídica, doença celíaca, anemia perniciosa, doenças autoimunes do fígado e vasculite associada à ANCA, tudo nos mesmos Phadia™ Laboratory Systems, ajudando a maximizar os recursos.
Explore o portfólio EliA completo.
Exibir portfólio
Encontre um instrumento para realizar os testes EliA.
Exibir Phadia Laboratory Systems
Encontre recursos úteis para seu laboratório e seus clientes.
Acesse a Biblioteca de recursos
Referências
  1. Aletaha D, Neogi T, Silman AJ, Funovits J, Felson DT, Bingham CO, 3rd, et al. 2010 Rheumatoid arthritis classification criteria: an American College of Rheumatology/European League Against Rheumatism collaborative initiative. Arthritis Rheum. 2010;62(9):2569-81.
  2. Littlejohn EA, Monrad SU. Early Diagnosis and Treatment of Rheumatoid Arthritis. Prim Care. 2018;45(2):237-55.
  3. Santos-Moreno P, Villarreal-Peralta L, Gomez-Mora D, Castillo E, Malpica A, Castro C, et al. Osteoarthritis is the Most Frequent Cause of Rheumathoid Arthritis Misdiagnosis in a Rheumatology Center. Osteoarthritis and Cartilage. 2017;25:S219.
  4. Barhamain AS, Magliah RF, Shaheen MH, Munassar SF, Falemban AM, Alshareef MM, et al. The journey of rheumatoid arthritis patients: a review of reported lag times from the onset of symptoms. Open Access Rheumatol. 2017;9:139-50.
  5. de Brito Rocha S, Baldo DC, Andrade LEC. Clinical and pathophysiologic relevance of autoantibodies in rheumatoid arthritis. Adv Rheumatol. 2019;59(1):2.
  6. Jonsson T, Steinsson K, Jonsson H, Geirsson AJ, Thorsteinsson J, Valdimarsson H. Combined elevation of IgM and IgA rheumatoid factor has high diagnostic specificity for rheumatoid arthritis. Rheumatol Int. 1998;18(3):119-22.
  7. Bobbio-Pallavicini F, Caporali R, Alpini C, Avalle S, Epis OM, Klersy C, et al. High IgA rheumatoid factor levels are associated with poor clinical response to tumour necrosis factor alpha inhibitors in rheumatoid arthritis. Ann Rheum Dis. 2007;66(3):302-7.
  8. Mathsson Alm L, Fountain DL, Cadwell KK, Madrigal AM, Gallo G, Poorafshar M. The performance of anti-cyclic citrullinated peptide assays in diagnosing rheumatoid arthritis: a systematic review and meta-analysis. Clin Exp Rheumatol. 2018;36(1):144-52.
  9. van Venrooij WJ, van Beers JJ, Pruijn GJ. Anti-CCP antibodies: the past, the present and the future. Nat Rev Rheumatol. 2011;7(7):391-8.
  10. Bas S, Perneger TV, Kunzle E, Vischer TL. Comparative study of different enzyme immunoassays for measurement of IgM and IgA rheumatoid factors. Ann Rheum Dis. 2002;61(6):505-10.
  11. Mascialino B, Swiniarski S, Gehring I, Poorafshar M. SAT0645 Diagnostic accuracy of serum autoantibodies multi-testing in rheumatoid arthritis and economic consequences across europe. Annals of the Rheumatic Diseases. 2018;77:1173.